Pela primeira vez, Paulista sedia Gran Prix Nacional de Hapkido

Paulista Em Foco | 16:40 | 0 comentários

Pela primeira vez, o município do Paulista sedia O Gran Prix Nacional de Hapkido, uma arte marcial coreana que trabalha defesa pessoal, força, mobilização, saltos e luta. A abertura do evento ocorreu neste sábado (27.05), no Paulista North Way Shopping, na Rodovia Estadual PE-15, área central da cidade. A competição, que segue até o domingo (28.05), é aberta ao público e conta com o apoio da Prefeitura do Paulista através da Secretaria de Políticas Sociais e Esportes.
Ao todo, cerca de 120 atletas representando os estados de Pernambuco, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná e o Acre. No primeiro dia das competições, os atletas disputaram as modalidades de salto em distância e em altura, defesa pessoal, formas, demonstração por equipes, ponse (movimento em sequência).
O coordenador do evento e mestre em Taewondo e bicampeão em Hapkido, Paulo Roberto da Silva, destacou a importância da competição para o cenário das disputas internacionais. “ Aqui nós temos os melhores atletas do país. Estamos realizando as seletivas para os jogos da Colômbia e os jogos Mundiais da Polônia. Isso é uma grande visibilidade para a cidade”, destacou.
Prestigiando a abertura do evento, o secretário de Políticas Sociais e Esportes Augusto Costa, que foi homenageado com uma medalha e troféu da Federação Pernambucana de Taewondo e Hapkido Olímpico, ressaltou a importância do esporte para a cidade. “É uma forma de incentivar que os jovens conheçam e tenham vontade de praticar a luta marcial”, disse.
Um dos destaques da competição é a seleção pernambucana de Hapkido, que é composta por 15 atletas do município do Paulista, entre eles, quatro já receberam o título de primeiro lugar no país.
No domingo (28.05), os atletas disputam as lutas individuais a partir das 12h. Haverá premiação com troféu para as equipes com maior número de medalhas, do primeiro ao sexto lugar. E individual com medalhas de ouro, prata e bronze.

Os três primeiros colocados na classificação ganharão 50, 40 e 30 pontos para concorrer à bolsa-atleta, benefício do Governo Federal que visa garantir a manutenção pessoal aos atletas de alto rendimento.

Categoria:

0 comentários