Paulista fortalece o debate sobre a política do idoso

Paulista Em Foco | 16:18 | 0 comentários

As atividades do II Fórum Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa continuaram a todo vapor ao longo desta terça-feira (24.10). Cerca de 100 idosos participaram do segundo dia do evento, que aconteceu no bloco B da Faculdade Joaquim Nabuco – Centro, e que buscou dar mais voz e atenção a essa parte da população.
Uma apresentação cultural de carimbó do grupo de idosos do CRAS IV, localizado em Maranguape II, animou os participantes do evento logo no início da manhã. Em seguida a promotora de Justiça da Pessoa Idosa, Dra. Christiana Ramalho, ministrou uma palestra que levou o tema “Discriminar ou Negligenciar a Pessoa idosa É CRIME”, onde ela explicou detalhadamente sobre a lei e as penalidades que podem ser aplicadas quando os diretos dos idosos são violados.
Edilene Castro, 64 anos, uma das idosas assistidas pelo CRAS III, comentou as mudanças que aconteceram na sua vida ao frequentar o centro de referência. “Eu mesma já tive problemas, cheguei ao CRAS tristonha, para baixo e eles me acolheram. Eu estava com depressão, ansiosa e a partir dessa acolhida, que eu comecei a fazer meu tratamento”. Ela ainda compartilhou suas impressões sobre a iniciativa. “Esse fórum está sendo excelente. A promotora nos esclareceu muitas coisas, agora nós temos muito material para que possamos nos defender como idosos” completou.
“Esse fórum é de fundamental importância, pois aqui os idosos e as pessoas que trabalham diretamente com o idoso são ouvidos. Essa é uma oportunidade ímpar, porque esse público têm o direito e o dever de dizer o que é melhor para o idoso da cidade”, disse Dra. Christiana Ramalho.

O secretário de Políticas Sociais e Esportes, Augusto Costa, falou para os cidadãos o quanto é valorosa a presença deles na ação. “Com a contribuição de vocês nós vamos construir o Plano Municipal da Pessoa Idosa. Esse plano será baseado nas propostas elaboradas pelas pessoas que vivem e convivem com os idosos da cidade”.   Ele ainda comentou sobre as iniciativas para o público da terceira idade. “Nós acreditamos que podemos fazer muito mais para o idoso, principalmente quando atuamos junto com as famílias, chamando a atenção delas para se sensibilizarem e serem mais atenciosos com eles”.

Categoria:

0 comentários