Curso “Comidas de Botequim” forma primeira turma de mulheres do Paulista

Paulista Em Foco | 12:27 | 0 comentários

Em uma iniciativa coordenada pela Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, em parceria com a Secretaria Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, do Governo do Estado (SEMPTQ), 22 alunas receberam os certificados de conclusão do curso de Comida de Botequim, na manhã desta quinta-feira (21.12), no SENAC, em Jardim Paulista Baixo. O curso durou uma semana, totalizando 20 horas/aula.
Durante o curso, as alunas aprenderam vários tipos de Comidas de Botequim como: casquinha de siri, caldinho de camarão, farofa especial diferenciada com cebola e tortilha de carne com purê de abacate e dicas simples de como ter boas práticas de manutenção de alimentos.
Adriana Clemente, 35 anos, moradora do bairro da Aurora, disse em está entusiasmada pelo que aprendeu no curso e que está pronta pra colocar em prática o que aprendeu. “Pra mim o curso foi perfeito. Tive a oportunidade de aprender várias novidades de dicas de culinárias, como fazer uma farofa deliciosa de cebola, que fica com gostinho bacon, ótima dica pra servir para ceia de Natal,” disse.
O chefe de cozinha e professor do SENAC em Pernambuco, Adailton Brito, comentou agradecendo a iniciativa que é uma parceria entre a Prefeitura do Paulista e o Governo do Estado, e ressaltou a importância da qualificação do curso de Comida de Botequim. “As que participaram do curso e chegaram aqui como alunas, sairão com uma certificação, tornando-se profissionais na área de gastronomia. Com esse certificado, elas podem empreender abrindo seu próprio negócio,” frisou.
A secretária Executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, participou da cerimonia e aproveitou o momento para ressaltar sobre o empreendedorismo feminino e a importância da qualificação da mulher no mercado de trabalho. “Sabemos que homens e mulheres são diferentes sim, e sabemos que temos que ter a mesma oportunidade de escolha, de direito e respeito dentro da nossa sociedade. E esse programa, ele orienta e capacita para o mercado de trabalho ou para o empreendedorismo, por meio do qual elas buscam a autoestima e a sua própria autonomia. E que possamos apostar e torcer que novos projetos possam ser realizados através da Secretaria da Mulher,” finalizou.


Categoria:

0 comentários