Confecção de vassouras com garrafas PET garante independência para mulheres do Paulista

Paulista Em Foco | 10:02 | 1 comentários

As mulheres do Paulista que integram a Cooperativa PET Mulher, dentro do programa “Lugar de Mulher é na Qualificação Profissional” estão realizando o sonho do seu próprio negócio: A confecção de vassouras com garrafas pet que já funciona a todo vapor.
A iniciativa tem o objetivo de garantir a inclusão do público feminino em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho. A Secretária Executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, em parceria com o governo federal, iniciou no ano passado. A ação, que faz parte do Programa presta assessoria, que vai desde a criação de uma entidade, até o fornecimento dos equipamentos e dos insumos necessários para a montagem de uma microempresa.
A primeira etapa do projeto foi o curso teórico de empreendedorismo, onde as participantes do projeto receberam orientações para a montagem do negócio; empreendedorismo e geração de renda; desenvolvimento de equipe; contabilidade básica; qualidade do produto e plano de negócio. A segunda etapa foi a parte prática, onde coordenadores ensinaram como fazer a fabricação das vassouras produzidas com garrafas pet.
Uma das participantes do projeto, Maria Aparecida, dona de casa, faz parte da Cooperativa PET Mulher e contou que as encomendas das vassouras já começaram em ritmo acelerado.
 “Temos muitas encomendas, divulgamos nas redes sociais, e já temos página no facebook, mas outra forte divulgação é o boca-a-boca que dá credibilidade a nossa produção, aumentando nossas encomendas”, relatou.
São dois grupos de 10 mulheres na cooperativa, ECOPET e UNIPET, com cerca de 20 famílias envolvidas numa ação para conseguir a autonomia financeira, fazendo com que essas mulheres saiam da submissão e se tornem independentes, livres de abusos.
Ladjane Paulo que é cuidadora de idosos, e faz parte da Cooperativa PET Mulher, afirma que trabalhar com material reciclável é também uma forma de proteger a natureza. “Quando a gente retira o material poluente das ruas, a gente consegue ganhar dinheiro e diminuir o acumulo de lixo. Ainda, conseguimos conciliar nossas atividades em casa com nossas atividades aqui na cooperativa, graças a escalas diárias, em turnos da manhã e da tarde.” Adiantou Ladjane.
As garrafas pets estão sendo recolhidas diretamente nas ruas ou por meio de doações. A Secretaria Executiva da Mulher fez uma parceria com universidades, escolas públicas e particulares do município, para que recolham as garrafas em maior quantidade. Outro ponto de recolhimento é na própria secretaria que funciona no prédio da Prefeitura, no centro da cidade ou na sede do Programa, que fica na rua Nossa Senhora de Fátima, n 85, Fragoso.
“São várias etapas na confecção da vassoura e aqui é como se fosse uma linha de montagem, uma ajudando a outra a montagem, aí a gente conclui mais rápido”, afirma Denise Araújo, coordenadora de um dos grupos.
As vassouras estão em fase experimental e serão vendidas pelo valor de R$8,00 a unidade, as encomendas poderão ser feitas pelos telefones(81) 9.8583-3909, (81) 9.9633-7108 - ou pelo e-mail dos grupos unipetmulher@outlook.com, ecopetmulher@outlook.com.



Categoria:

Um comentário:

  1. boa tarde temo como você manda a matéria do pódio de Pernambuco que houve no teatro santa Isabel?

    ResponderExcluir