Dentes mais sensíveis no verão? Especialista esclarece por quê

Paulista Em Foco | 10:56 | 0 comentários

O verão chega e com ele também vem a vontade de tomar sorvetes, milkshakers , sucos gelados e água com bastante gelo. Mas, para quem tem sensibilidade nos dentes, o que seria um momento de prazer, pode tornar-se uma tortura. Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, a odontóloga e coordenadora do curso de Odontologia da UNINABUCO – Centro Universitário Joaquim Nabuco Paulista, Romeika Vasconcelos, explica o que é a sensibilidade nos dentes e como esse incômodo pode ser tratado. Além disso, a especialista dá dicas de como usufruir de delícias geladas sem passar por maus bocados.

O que é a sensibilidade dentária?

É a dor causada pela exposição dos tubos dentinários (pequenos canais que se encontram abaixo do esmalte e leva a sensibilidade até o “nervo” do dente). A sensibilidade dentária ocorre quando o esmalte protetor do dente torna-se mais fino ou mediante a ocorrência de recuo da gengiva, expondo a superfície que fica abaixo do esmalte, a dentina.  Dessa forma, a proteção que o esmalte e a gengiva fornecem ao dente e a raiz reduz, causando a sensibilidade.

Por que e como acontece?

A causa mais comum dessa sensibilidade na pessoa adulta é a exposição da raiz dos dentes na área cervical, ou colo, devido à retração gengival (quando a gengiva sobe ou desce e expõe a dentina). Como a raiz não está coberta pelo esmalte, milhares de canalículos (pequenos canais) que vão do centro do dente e levam o feixe nervoso da polpa até a superfície ficam expostos e acusam a dor. Quando o calor, frio ou pressão afeta esses canalículos, você sente dor.

Por que temos a sensação de que a sensibilidade aumentou durante o verão?

A estação mais quente do ano é marcada por muito sol, dias ao ar livre, praia e piscina. Além disso, a nossa alimentação também pode mudar um pouco nessa época. Sorvete, sucos gelados e milkshakers são a cara do verão. Porém, para quem sofre de sensibilidade nos dentes, esse momento pode ser marcado por muito desconforto. A sensibilidade, em alguns casos, aumenta no verão devido ao maior consumo de alimentos refrigerados. Esses alimentos e bebidas gelados são estímulos externos que provocam a sensibilidade. Por isso, temos a sensação de que ela é maior durante o verão.

O que deve ser feito para tratar esse problema?

Em primeiro lugar, fale com seu dentista. A sensibilidade dos dentes geralmente pode ser tratada e curada. Seu dentista pode prescrever flúor em gel ou um enxaguante bucal com flúor. Você também pode tentar cremes dentais de baixa abrasividade com formulações feitas especialmente para dentes sensíveis. Pergunte ao seu dentista quais são os produtos mais adequados para o seu problema de sensibilidade. Tenha cuidado com a escovação, uma escovação muito forte, uma prótese parcial com grampos e aparelhos muito apertados e justos podem também levar à abrasão. Use uma escova com cerdas macias, e faça a escovação passando por todos os dentes, porém sem exagerar na força. Mas nunca tente diagnosticar esse quadro sozinho, ele pode ter várias causas e, consequentemente, vários tratamentos. Somente um dentista pode esclarecer a questão.

Quais as dicas para aproveitar a estação mais quente longe da sensibilidade nos dentes?


A dica principal é procurar seu dentista para que ele possa diagnosticar a causa da sensibilidade e, assim, poder direcionar para o tratamento mais indicado e eficiente para o seu problema. Outra dica é que uma dieta de alimentos e bebidas baixos em ácidos pode, também, ajudar a prevenir a sensibilidade dentária. Dessa forma, evitar sucos ácidos e refrigerantes pode ajudar a melhorar ou prevenir a sensibilidade nos dentes. Com as orientações adequadas do cirurgião-dentista para cada caso, o paciente pode curtir o seu verão sem ter que se privar, por exemplo, de um delicioso sorvete.

Categoria:

0 comentários