Prefeitura e Sindicato dos Professores fecham acordo sobre a implantação de 1/3 de aula atividade no Paulista

Paulista Em Foco | 14:12 | 0 comentários


A Prefeitura do Paulista e o Sindicato dos Professores (Sinprop) chegaram a um acordo sobre a implantação de 1/3 de aula atividade na rede municipal. Após apresentar duas propostas sobre o tema, a Secretaria de Educação foi comunicada oficialmente sobre a escolha da categoria. Em assembleia, os educadores decidiram optar por unanimidade pela proposta que garante um dia da semana exclusivo para o planejamento das atividades pedagógicas, ficando dispensado da sala de aula. 
Neste dia de planejamento, a aula será ministrada por professores itinerantes, sem comprometer a carga horária dos alunos. A implantação do 1/3 de aula atividade vai beneficiar professores (servidores ativos) da Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental em regência. A expectativa é de que a medida passe a valer a partido do mês de abril deste ano.
Nas rodadas de negociação, a Secretaria de Educação também havia apresentado outra proposta à categoria. Ela previa a ampliação da carga horária do professor de 156 para 188 horas/aula, disponibilizando mais tempo para que ele pudesse se organizar dentro e fora da escola. Essa iniciativa resultaria num incremento financeiro no salário base do docente que poderia ser levado para a aposentadoria.
O secretário de Educação do município, Carlos Junior, explicou que as duas propostas apresentadas atenderam aos anseios dos professores. Ele disse que ficou satisfeito pelo andamento das negociações. “Fizemos questão de ouvir a categoria e apresentamos propostas dentro do que eles esperavam para a rede municipal. Estamos felizes de chegar a um acordo com o sindicato que contempla a categoria. E o melhor é que a Educação é quem ganha”, destacou.
REAJUSTE – Representantes da Secretaria de Educação e do Sindicato dos Professores se reunirão nos próximos dias, para tratar do reajuste salarial 2018 da categoria.  A Secretaria de Administração do Paulista está definindo como será repassado o aumento, dentro do que estabelece o Ministério da Educação.


Categoria:

0 comentários