Confira dicas importantes que podem evitar a proliferação de animais peçonhentos e roedores

Paulista Em Foco | 16:37 | 0 comentários

O período chuvoso vem se intensificando cada vez mais durante os meses e a probabilidade do aparecimento de animais peçonhentos e roedores como, por exemplo, escorpiões, ratos e baratas aumentam. Um dos motivos principais para o aparecimento dessas espécies é a sujeira, pois na maioria das vezes os proprietários de imóveis, principalmente os de terrenos baldios, não executam a limpeza de suas áreas com a devida frequência. Aqui vão algumas orientações para evitar a proliferação desses bichos.

Dentre um dos mais perigosos está o escorpião, esse tipo de espécie é ativo à noite, e durante o dia esconde-se em locais escuros e úmidos como entulhos, principalmente madeira, telhas, pedras, troncos de árvores, atrás de móveis, frestas e até calçados e roupas. Uma das medidas preventivas que se deve tomar para a eliminação desse animal é manter os quintais e jardins limpos e remanejar materiais de construção que estejam armazenados.
Ao manusear esses tipos de materiais deve sempre usar luvas de raspa e calçados. É sempre bom rebocar as paredes e muros para que não apresentem frestas. Quando for depositar o lixo domiciliar usar sacos plásticos ou em recipientes fechados para evitar baratas e outros insetos que esse tipo de espécie se alimenta. Também é importante examinar roupas, calçados e toalhas antes de usá-las.
Caso ocorra acidente com escorpião é importante procurar um pronto socorro mais próximo.  No município do Paulista, as unidades de saúde e os prontos atendimentos avaliam o grau da picada do animal, caso seja grave o paciente é encaminhado para o Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox), na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista.
É recomendado logo após o incidente evitar passar qualquer tipo de substância, em nenhuma hipótese fazer sucção com a boca no local da picada, mas é importante manter a área fria. Durante a ocorrência, é aconselhável levar o animal quando é possível.  
No caso dos ratos, os animais geralmente vão à procura de comida, essa espécie explora o lugar onde está e consegue com isso aprender os caminhos e conseguir abrigo, pois é um animal com inteligência e aprendizado. Para evitar o aparecimento dele é necessário colocar o lixo domiciliar em sacos plásticos, latas com tampas fechadas e limpas periodicamente, se possível sem contato com o solo.
Só colocar o lixo na rua nos dias de coletas, nunca jogar lixo a céu aberto ou em terrenos baldios, inspecionar periodicamente e com cuidado caixas de papelão, caixotes, gavetas e todo tipo de material que possa servir de abrigo para os roedores. Fechar todas as frestas que possam vim a ser porta de entrada para ambientes internos. Manter limpas as instalações de animais domésticos e não deixar expostos a alimentação, principalmente à noite. Não despejar lixos em córregos.
Uma das espécies que todo mundo tem pavor, nojo e fobia são as baratas. Esse tipo de animal é comum em ambientes sujos, e por conta disso são perigosas para a saúde, pois carregam bactérias, além de fungos, vírus e vermes. Para o combate é preciso eliminar quatros tipos de fatores que atraem elas, são eles: alimentos atrativos, água, abrigo e acesso. Sempre manter sua casa higienizada, com o bom manejo do lixo e resíduos, reparos nos vazamentos e infiltrações.
Fechar as frestas é uma boa maneira de evitar a entrada delas, mas, ela pode entrar voando pela janela, nesse caso é importante usar inseticida em spray, geralmente vendidos em supermercados. Caso ocorra uma maior infestação a dica é contratar profissionais especializados que realizam esse tipo de serviço.
A Prefeitura do Paulista segue combatendo esses tipos de ameaças regularmente através dos agentes ambientais. Para solicitar o atendimento do serviço, a população pode entrar em contato pelo telefone: 3437-4174. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 08h às 16h.




Categoria:

0 comentários